CRATEÚS:. POLÍCIA CIVIL PRENDE SUSPEITO DE ASSALTOS A BANCOS E SER UM DOS LIDERES DO PCC QUE SE ENCONTRAVA FORAGIDO DA JUSTIÇA DO MUNICÍPIO DE MOMBAÇA.

Acusado.

Políciais dá Delegacia Regional da Polícia Civil de Crateús, tendo a frente a competente Delegada Dra Ana Scott com apóio de uma equipe de políciais do Raio, realizaram na noite deste sábado 01/07/2017, na cidade de Crateús , a prisão de um homem suspeito de ser um dos líderes do PCC (primeiro comando da capital) e de ter envolvimento com assaltos a Bancos no interior do Ceará, além de ser foragido da justiça do município de Mombaça onde responde pelo crime de tráfico de Droga.

O homem preso trata-se de: Francisco Raimundo de Sousa Júnior, nascido aos 29/07/1989, filho de Francisco Raimundo de Sousa e Heloísa Alves de Sousa, natural de Mombaça, porém atualmente se encontrava residindo no Bairro Fátima II na cidade de Crateús.

Segundo a Delegada Dra Ana Scott, a sua equipe já a vários dias se encontra monitorando o elemento que é suspeito de realizar diversos assaltos a Bancos na região o qual tem mandado de prisão em aberto por tráfico de droga na comarca de Mombaça.

A delegacia relata que no momento da prisão do homem, ela estava na companhia do inspetor Marcelo quando se depararam com o elemento saindo de uma farmácia, porém logo em seguida foi solicitado o apoio de uma equipe do Raio , e o acusado que estava em um veículo acabou sendo abordado em frente ao supermercado cosmos.

No momento da abordagem o homem apresentou uma identidade falsa e não portava carteira de habilitação.

Francisco Raimundo foi encaminhado a delegacia regional de polícia civil em Crateús onde na delegacia foi constatado que o mesmo era foragido da justiça do município de Mombaça por tráfico de drogas..

Ainda na delegacia o acusado foi autuado em flagrante por uso de documento falso.

Em conversa com a nossa reportagem a Dra Ana Scott disse que o homem preso é uma pessoa de alta periculosidade, e suspeito de ser um dos líderes do PCC além de assaltos a Bancos .

Ainda segundo a Delegada, o acusado estava morando na companhia da esposa e de uma filha, mais que não tem nem um outro famíliar em Crateús.

A Dra Ana Scott disse que o homem preso continua sendo investigado e que por esse motivo no momento não pode repassar mais informações sobre o caso.


Compartilhe

Veja também

Próximo
« Prev Post
Previous
Next Post »